terça-feira, 12 de novembro de 2013

190: Crimes de New york à Dallas - J. D. Robb


Titulo: Crimes de New York à Dallas
Titulo original: New York to Dallas
Autor/a: J. D. Robb
Editora: J'ai Lu
Páginas: 414
Género: Policial
Site autor/a: http://www.jdrobb.com/

Sinopse original: Twelve years ago, Eve Dallas was just a rookie NY cop when her instincts led her to the apartment of Isaac McQueen, a man she discovered to be a sick murderer and pedophile, who was keeping young girls in cages. Now a homicide Lieutenant, Eve is one of the most distinguished officers in the city—and then she learns that McQueen has escaped from jail. Bent on revenge against Eve and with a need to punish more "bad girls" McQueen heads to Dallas, Texas—the place where Eve was found as a child, the place where she killed her own abusive monster when she was only eight years old. With Eve and Roarke in pursuit of McQueen, everything is on the line and secrets from Eve's past are about to be shockingly revealed.

Opinião: 33° livro da série Eve Dallas. Dos últimos livros que li desta série este é para mim o melhor. Mais pessoal, mais intimista. Este livro foca-se bastante na Eve e no seu passado, e não é para menos, uma personagem importante do seu passado vai aparecer de forma chocante, e as lembranças dolorosas vão voltar à superfície. Com este livro fecha-se o ciclo relacionado com o passado da Eve. É um livro angustiante e frustrante, pelo menos para mim foi. O ritmo é rápido, e as emoções estão à flor da pele. O único senão o cenário vai-se deslocar para Dallas, o que faz com que a maioria dos personagens secundários da série não apareçam, ou o façam de forma rápido logo no inicio. Senti falta das picardias entre Eve e Summerset. Neste livro a relação Eve-Connor (houve alguém “inteligente” que decidiu traduzir o nome do Roarke, ainda por cima muito parecido..., agora é impossível associar esta personagem ao nome correcto....) sai reforçada. A parte policial é interessante. Um pedófilo violento conhecido como o Colecionador (porque raptava meninas e fechava-as num quarto marcando-as com uma tatuagem de um coração e dentro um n.° relacionado com o rapto), foge e esta disposto a vingar-se da Eve. Pode-se dizer que este foi o 1° grande caso da Eve, e o Colecionador esta disposto a tudo para a fazer pagar os 12 anos de cativeiro. Começa então um jogo de gato e rato, uma corrida contra o tempo, para o descobrir e impedir que uma antiga vitima, e que ele raptou novamente, seja morta. E Eve é então obrigada a viajar para Dallas um lugar doloroso, e que a marcou. E as surpresas vão ser muitas. Pessoalmente não era assim que estava à espera que um dia determinada personagem fosso finalmente aparecer.
Nota: 5/5

2 comentários:

  1. A série deixa-me mesmo curiosa e este livro, então, parece muito interessante! ;)

    ResponderEliminar