domingo, 25 de janeiro de 2015

16: Le fil de l'aube - Lara Adrian

 
Titulo: Le fil de l'aube
Titulo original: Edge of dawn
Autor/a: Lara Adrian
Editora: Milady
Páginas: 446
Género: Fantasia Urbana

Sinopse original: Twenty years after the terror of First Dawn—when mankind learned that vampires lived secretly among them—the threat of violence reigns as the two species struggle to coexist. The only group preserving the fragile harmony is the Order, an elite cadre of Breed warriors dedicated to protecting humans and vampires alike. And in this precarious world of torn loyalties and shattered trust, Mira, a fiery squad captain, finds that every fight bears an intensely personal cost.
 Raised among the Order, Mira has always believed in the warrior’s code of swift—and even lethal—justice. But the one thing she desires more than the Order’s hard-won acceptance is Kellan Archer, a sexy but troubled Breed fighter. In love with him since childhood, Mira once broke through his tough exterior during an unexpected night of rapture, but the next day he mysteriously disappeared, never to return.
 Kellan didn’t think he would ever see Mira again—or have to confront the truth of why he left. After abandoning the Order years ago, he now leads a band of human rebels intent on carrying out their own vigilante rule of law. Yet a high-profile kidnapping assignment brings him face-to-face with the past he sought to avoid, and the striking woman he has tried desperately to forget. And as tensions mount and the risk of bloodshed grows, Kellan and Mira must take sides—between the competing missions that dominate their lives, and the electrifying passion that claims their hearts
Opinião: 11° livro da série midnight breed. Este livro poderia ser o 1° de uma spin-off. A acção decorre 20 anos depois da revelação, os protagonistas são os filhos dos anteriores casais, as crianças que participaram na outra parte, e novos personagens. Os antigos casais não foram esquecidos e participam, sendo o seu “peso” na intriga reduzido, tirando talvez o Lucan, mas como é o chefe entende-se. O inicio foi um pouco estranho, mas depois habituei-me. No inicio somos confrontados com uma paz que afinal não existe, com o ódio entre espécies, as guerrilhas, a luta por um equilíbrio. O casal protagonista é a Mira, agora capitã da ordem, e do Kelhan também membro da ordem. Começamos por “conhecer” a Mira, que luta por esconder, mal diga-se, a dor e o sofrimento pela morte do Kelhan. A relação entre os dois foi evoluindo à medida que cresceram, mas depois da noite de amor, ele morrer num ataque provocado por rebeldes humanos. Mas esta é uma verdade que vai cair por terra quando, numa simples missão de protecional de um génio, é raptado por um grupo de rebeldes humanos e conhece o misterioso líder. Este líder não é outro que Kelhan. Aproveitou o incêndio para “fugir” de Mira, não por que se arrependa, mas para protege-la de uma visão. O choque entre os dois é evidente, a raiva de Mira é enorme e entende-se. Gostei da parte romance, da forma como as coisas evoluíram, como ele acaba por se abrir com ela sobre medos, sobre o amor que sente que o levou a tomar a escolha mais difícil, e que o leva a se tornar aos olhos de todos um traidor. A intriga secundaria esta relacionada com os novos vilões e tentativa para aniquilar os membros da Linha, utilizando novas tecnologias, e o ódio de grande parte dos humanos. É um livro com bastante acção. Gostei da forma como a autora foi introduzindo os novos personagens. Em conclusão, promete.
Nota: 3,75 /5

2 comentários:

  1. Segui :)
    Deixo aqui o meu primeiro passatempo caso queiras participar :)
    http://diasporadossentidos.blogspot.com/2015/01/1-sorteio-diaspora-dos-sentidos-o-velho.html

    ResponderEliminar